Conversar, viajar e passar por sessões de terapia são algumas das maneiras que podem ajudar um casal a fortalecer os laços de união. Ao que parece, as cirurgias plásticas com finalidades cosméticas parecem ter se juntado à essa lista. De acordo com uma pesquisa, o número de parceiros que se submetem a operações ao mesmo tempo está cada vez maior. As informações são da rede de televisão ABC, que foram repercutidas pelo jornal inglês Daily Mail.

David Robinson, casado há 18 anos, decidiu dar uma recauchutada nas formas do rosto, quando agendou uma lipoaspiração na papada, para acompanhar sua mulher, Heather, que passaria por uma lipo na barriga. “Vida feliz, mulher feliz, certo?”, disse durante a entrevista para justificar o motivo da plástica.

Segundo o cirurgião Anthony Youn, de Michigan, nos Estados Unidos, cada vez mais casais têm feito o mesmo. “Muitos casais querem fazer as coisas juntos, viajar juntos, criar os filhos juntos e agora estão entrando na faca juntos também”, disse. O número de homens que está fazendo plástica mais do que dobrou nos últimos anos, segundo a Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos.

O casal entrevistado pela ABC disse que os 18 anos de união têm sido ótimos, mas que causaram estragos no corpo, que são difíceis de corrigir. David engordou mais de 20 kg e Heather acumula gordura abdominal depois de quatro gestações. “Se vissem como era quando nos conhecemos… Acho que ela ainda tem essa imagem de mim na cabeça”, disse.

A cirurgia do casal durou cinco horas no total e foram seis semanas de recuperação.

 

Fonte: Terra