Pós operatório de Cirurgia Plástica – O edema

Não importa se é uma lipoaspiração ou uma rinoplastia, uma abdominoplastia ou uma mamoplastia de aumento com prótese de silicone – o edema, sempre estará presente no pós operatório de qualquer cirurgia plástica.

Escolher um médico com uma equipe de cirurgia plástica que se dedique ao pós operatório, dando toda atenção a essa fase, como a que foi dada antes e durante a cirurgia plástica é essencial.

Saber lidar com as alterações surgidas nessa fase, decidindo entre acalmar a paciente ou intervir (seja com cremes/pomadas, sessões extras de drenagem linfática ou reoperando) é essencial.

Pós operatório de Cirurgia Plástica – Fibroses após hidrolipoaspiração

Fibroses após uma hidrolipoaspiração podem ser resultado de um edema mal conduzido. Saber orientar a paciente quanto a necessidade de hidratação adequada, repouso pelo tempo certo, tratamentos complementares e sessões de drenagem é imperioso.

 

Pós operatório de Cirurgia Plástica - Fibroses após hidrolipoaspiração

 

Conduzir um pós operatório de uma rinoplastia não é simples. O nariz está na posição central da face, a paciente está o tempo inteiro apresentando o resultado de sua cirurgia a terceiros, que fazem comentários, aumentando ainda mais a expectativa da paciente. O resultado final de uma rinoplastia só aparece depois de 08 a 12 meses em média. Uma reoperação mal indicada antes desse prazo pode acabar de vez com qualquer resultado harmonioso.O médico precisa saber disso, precisa ouvir a paciente, aplicar a psicologia médica, aliviando todas as suas angústias, ansiedades e medos. Um médico de verdade não é um técnico, que segue parâmetros e protocolos em busca de resultados. É uma pessoa humana, pronta a ouvir e entender, a auxiliar e tratar.

Pós operatório de Cirurgia Plástica – Rinoplastia

Pós operatório de Cirurgia Plástica - rinoplastia antes e depois

 

Pós operatório de rinoplastia, fotos de uma semana e de um ano após. Notar a resolução do edema e o resultado final

Pós operatório de Cirurgia Plástica – Prótese de silicone nos seios

O pós operatório de uma prótese de silicone é bem delicado. Não basta colocar a prótese de silicone, retirar o ponto e pronto.

Tem que saber acompanhar esse pós operatório muito bem.

Por exemplo, a aréola numa cirurgia de mama, muda muito de posição, desde o momento final da cirurgia até o sexto mês, devido ao edema e ao movimento de báscula da mama. Vejam na imagem abaixo.

Pós operatório de cirurgia plástica - Prótese de silicone, paciente com 1,64m de altura e 65kg de peso. Observe como houve mudança da posição da aréola com o passar do tempo.

Pós operatório, paciente com 1,64m de altura e 65kg – prótese redonda de 305ml, projeção alta. Observe como houve mudança da posição na aréola  que estava  apontando para baixo, no sétimo dia , de pós operatório.

 

Por vezes, o edema pode distender muito a pele, no transcurso da recuperação. Saber indicar os hidrantes corretos antes da cirurgia plástica e tratar as estrias se estas surgirem é indispensável para um resultado harmonioso.

Pós operatório de cirurgia plástica - Prótese de silicone. Paciente com 1,70m de altura, e peso de 69kg. Prótese redonda alta de 380ml. Devido ao edema a pele foi muito esticada, ocasionando estrias. Foi tratada por mim com retinóicos.

Paciente com 1,70m de altura, e peso de 69kg. Prótese redonda alta de 380ml. Devido ao edema a pele foi muito esticada, ocasionando estrias. Foi tratada por mim com retinóicos.

Eu sempre alerto as minhas pacientes antes da cirurgia plástica que elas precisarão ter paciência, que não vai ser de uma hora para outra que o resultado final irá surgir. Esse resultado vem com o tempo, não depende somente do cirurgião plástico, depende muito mais do organismo de cada pessoa. A diferença é estar junto ao seu médico e lidar com qualquer problema que surgir. Imagine assim , o seu corpo necessitou de 09 meses no ventre de sua mãe para ser moldado,  logo não é apenas o ato cirúrgico, de algumas horas, que trará o resultado desejado de uma única vez!

Toda cirurgia plástica necessita de um pós operatório bem conduzido e acompanhado. Pense bem nisso antes de escolher o seu cirurgião plástico ou operar via Intermediadoras de Cirurgia Plástica.

Texto: Dr Moises De Melo.

NOTA: POR DETERMINAÇÕES ÉTICAS E LEGAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIRURGIA PLÁSTICA E DO CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA, OS MÉDICOS NÃO PODEM DIVULGAR IMAGENS DE PACIENTES COM  RESULTADOS DE ANTES E DEPOIS. AS IMAGENS DIVULGADAS AQUI SÃO EXCLUSIVAS PARA FINS EDUCATIVOS E NÃO CRIAM NENHUM TIPO DE COMPROMISSO COM RESULTADOS. CADA CORPO É ÚNICO EM MEDIDAS E VARIAÇÕES ANATÔMICAS. OS MESMOS RESULTADOS PODEM SER OBTIDOS POR TÉCNICAS DIFERENTES OU MODELOS DE PRÓTESES DIFERENTES POR QUALQUER CIRURGIÃO PLÁSTICO ESPECIALISTA, MEMBRO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIRURGIA PLÁSTICA.

ESTÁ PROIBIDA A REPRODUÇÃO DE QUALQUER IMAGEM  DESTE SITE BEM COMO DESTE TEXTO. TODO O MATERIAL É REGISTRADO COM DIREITOS AUTORAIS.