O QUE É A CIRURGIA DE REDUÇÃO DE MAMA?

mamoplastia-redutora1Também conhecida como mamoplastia redutora, a redução de mama remove o excesso de gordura, o tecido glandular e a pele para atingir um tamanho de mama proporcional com o seu corpo e aliviar o desconforto associado com seios muito grandes.

Melhore a aparência com a cirurgia de redução de mama

Seios excessivamente grandes podem causar, em algumas mulheres, problemas emocionais e de saúde. O peso do tecido mamário em excesso pode prejudicar sua capacidade de levar uma vida ativa. O desconforto emocional e o autoconhecimento, muitas vezes, associados a seios grandes e caídos, é um problema para muitas mulheres, pois podem causar desconforto e dor.

É INDICADA PARA MIM?

A cirurgia de redução de mama é um procedimento individualizado e você deve fazê-lo para si mesma, não para satisfazer os desejos de outra pessoa ou para tentar se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal.

REDUÇÃO DE MAMA É UMA BOA OPÇÃO PARA VOCÊ SE:

• Você estiver fisicamente saudável,

• Você tem expectativas realistas,

• Você está incomodada com a sensação de que seus seios são muito grandes,

• Seus seios limitam sua atividade física,

• Você tem dor nas costas, pescoço e ombro causada pelo peso de seus seios,

• Você tem depressão nos ombros, no lugar das alças do sutiã, devido ao peso de seus seios,

• Você tem irritação da pele abaixo do sulco da mama,

• Seus seios são flácidos e pendentes,

• O mamilo está abaixo do sulco da mama quando seus seios não são sustentados,

• Você tem aréolas alargadas e pele flácida.

VOCÊ DEVE SABER QUE

• A cirurgia de redução de mama pode interferir com alguns procedimentos diagnósticos,

• Piercing na mama e no mamilo pode causar infecção,

• Sua capacidade de amamentar após a mamoplastia redutora pode ser prejudicada, sendo assim, converse com o seu médico se estiver planejando ter filhos,

• O procedimento de redução de mama pode ser realizado em qualquer idade, mas, apresenta melhor resultado quando os seios estão totalmente desenvolvidos,

• Mudanças nos seios, durante a gravidez, podem alterar os resultados da cirurgia, assim como oscilações significativas de peso.

A prática da medicina e da cirurgia não é uma ciência exata. Apesar de bons resultados serem esperados, não há qualquer garantia. Em algumas situações, pode não ser possível atingir os melhores resultados com um único procedimento, sendo necessária uma nova cirurgia.

Fonte: SBCP. Adaptação: Dr. Moises De Melo