Mastopexia, abdominoplastia e hidrolipo

Dia de cirurgias plásticas combinadas Mastopexia, abdominoplastia e hidrolipo

Dia de cirurgias plásticas combinadas : Mastopexia, abdominoplastia e hidrolipo!

Uma das minhas pacientes da última semana foi uma mulher de 36 anos, com 66kg, 1,64m de altura, cintura de 80cm e mãe de dois filhos. Já tinha realizado uma mamoplastia redutora há cerca de 8 anos. Após a segunda gestação, queixava-se da diástase do abdome, da flacidez e queda das mamas. Quanto ao tamanho, era satisfeita – soutien 46. Queixava-se ainda dos culotes.

Sobre as cirurgias de mastopexia, abdominoplastia e hidrolipo:

Realizada sob anestesia geral,  as cirurgias combinadas de mastopexia, abdominoplastia e hidrolipo  contaram com a participação de mais dois cirurgiões plásticos auxilares, durou cerca de 7h. Todas as cicatrizes foram fechadas com fita + cola cirúrgica (PRINEO).

Mastopexia

A paciente já tinha uma cicatriz em T, da cirurgia anterior. Após uma pequena redução da mama (100g), pela mesma cicatriz, colocamos uma prótese cônica de 245ml, de projeção média. A aréola foi reduzida e reposicionada (mais alta), além de termos retirado uma boa quantidade de pele.

Abdome e culotes

Realizamos a hidrolipo com saída de cerca 2 litros de gordura. O músculo que estava afastado foi aproximado através de pontos. Encontramos no umbigo, algumas hérnias, e as mesmas foram corrigidas . Após a cirurgia, medi novamente a cintura, de 80cm passou para 72cm!!!! E vai diminuir ainda mais com o passar do tempo!

Cola cirúrgica

Algumas pessoas acham que a cicatriz é melhor quando utilizamos a cola cirúrgica. Isso é mentira!! Nenhum estudo médico comprovou isso, até agora. As cicatrizes, após 3 meses,são equivalentes. O grande benefício no uso da cola é que não precisamos utilizar curativos. Após duas a três semanas, retiramos a fita com a cola.